‘Eu me sinto blindada pelas orações dos fãs’, diz a esposa de Sérgio Moro

‘Não pergunto quem vai ser preso, nem quando nem por quê. Não tenho nenhuma informação privilegiada’

A vida discreta de Rosangela Moro, 42 anos, sofreu uma reviravolta há três anos. A razão é fácil de adivinhar: a curitibana, filha de uma professora de escola pública e de um mestre de obras, teve de administrar o impacto de ser casada com o hoje arquifamoso juiz Sergio Moro.

Advogada há duas décadas (o pai queria uma “filha doutora”), Rosangela agora será lançada no centro da arena: defenderá o marido, comandante da Operação Lava Jato, em ação por abuso de autoridade movida pelo ex-presidente Lula.

Rosangela é avessa a entrevistas: o máximo de exposição que se permite são os posts na página Eu Moro com Ele, no Facebook. Mas ela quebra o silêncio na revista CLAUDIA que chega às bancas e tablets na sexta-feira 3.

Como o casal trata da Lava Jato em casa? “O Sergio é uma pessoa muito equilibrada. Não pergunto quem vai ser preso, nem quando nem por quê. Não tenho nenhuma informação privilegiada, exceto quando se refere à segurança da família”, diz.

A musa de Moro já causou furor numa igreja: “Pedi ao padre uma bênção especial. Quando ele soube quem eu era, falou por trinta minutos de política. Nos segundos finais, disse: ‘Mantenha a serenidade’ ”. E como ela reagiu? “Não tenho medo. Eu me sinto blindada pelas orações dos fãs, e rezo também.”

Fonte: Rosangela Moro: ‘Eu me sinto blindada pelas orações dos fãs’ | VEJA.com

Anúncios

‘Se preparem, porque, se necessário, eu serei candidato à Presidência’, diz Lula na Bahia

A declaração foi dada durante o 29º Encontro Estadual do MST

“Se preparem, porque, se necessário, eu serei candidato à Presidência. Se eu for candidato, é para a gente ganhar as eleições desse país”, disse Lula, a uma plateia que usava bonés vermelhos com a inscrição “Estamos com Lula”.

Mais cedo, no mesmo evento, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, afirmou que o partido ainda não tomou a decisão sobre uma eventual candidatura do ex-presidente, mas que ele é “aspiração nacional”.

Fonte: ‘Época NEGÓCIOS | Brasil