O propósito e a transformação de valores nas empresas e na sociedade

Saber Livre - o blog da ALD Consultoria

propositoNunca se falou tanto sobre humanismo e propósito nas organizações. Termos como afeto, alma e espiritualidade são cada vez mais presentes na agenda estratégica das empresas. Mas apesar de muitos negócios difundirem os temas como diversidade, sustentabilidade e engajamento, essa mudança exige antes de tudo uma revisão de valores, e não apenas cronogramas e peças publicitárias sedutoras.

A verdade na implementação desses conceitos será a fronteira entre as empresas do século XX e as inovadoras que transformarão o século XXI. Para os líderes dessa construção, é fundamental que compreendam que as mudanças não se tratam apenas de altruísmo ou utopia corporativa, mas sim de uma agenda clara para atrair, reter e engajar os talentos que apoiarão essa jornada.

jornada

Sim, uma Jornada de Herói, pois mudanças de valores em organizações correspondem a uma história com muitos desafios a serem enfrentados. E os líderes da mudança precisam encará-los como premissas, e não como restrições. Esse é o tipo de…

View original post mais 959 palavras

Crise no metrô: o que não foi dito

blog da Raquel Rolnik

Desde que começou a operar, em 2011, a linha 4-amarela do metrô de São Paulo tem sido avaliada por muitos como um exemplo de sucesso de parceria público-privada (PPP). O que temos lido na imprensa nas últimas semanas, porém, é motivo para colocar uma pulga atrás da orelha: obras paradas, estações atrasadas, ameaças de rescisão contratual, consórcio culpando o governo, governo culpando o consórcio…

Se o contrato com o consórcio Isolux Córsan-Corviam for mesmo rescindido e outra licitação tiver que ser realizada, as obras das estações Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia provavelmente só serão reiniciadas em 2016.

Afinal, qual o problema dessa PPP? Por que um projeto cujas obras foram iniciadas em 2004, com prazo inicial de entrega em 2009, talvez venha a ser concluído somente em 2018?

*Leia coluna completa no site da Folha.

View original post

Mapa da Violência: Os territórios onde mais se mata em Fortaleza

Diálogos Políticos

A cada quatro homicídios registrados em Fortaleza ao longo do mês de janeiro, três ocorreram em bairros mais afastados do Centro, muitos deles na periferia. A região, que já foi chamada de “cinturão vermelho da criminalidade”, continua sendo a área onde mais se mata em Fortaleza. 

Conforme levantamento do O POVO, com base nos dados da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel), dos 229 homicídios que teriam ocorrido no primeiro mês do ano, considerado o período mais violento do Estado desde o último mês de março, 167 se deram em bairros que ficam fora do corredor das áreas que se convenciona chamar de nobres.

A região que concentra aproximadamente 58% da população de Fortaleza, segundo o Censo de 2010, respondeu por 73% das mortes na cidade no intervalo de 31 dias. O fenômeno não é isolado, como se constatou no período de Carnaval. Na ocasião, 95% dos 25 homicídios…

View original post mais 331 palavras

Membros do MST ocupam sede do Governo do Ceará

Diálogos Políticos

Trabalhadores rurais querem uma audiência com o governador Camilo Santana para debater questões relacionadas à seca e o Seguro-Safra (Foto: Márcelio Bezerra/TV Verdes Mares)

Membros do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocupam desde 5h da manhã desta segunda-feira (23) áreas externas do Palácio da Abolição, sede do governo estadual, no Bairro Meireles, em Fortaleza.

De acordo com a assessoria do órgão, o protesto é pacífico. Cerca de mil trabalhadores rurais participam da ocupação.

Ainda segundo o MST, o grupo quer uma audiência com o governador Camilo Santana para tratar dos principais problemas como  a falta de água em alguns assentamentos no interior e Seguro-Safra.

(G1 Ceará)

View original post